Cineclube Ieda Beck – 14 de Abril de 2010

SESSÃO D-BOCHE NÃO É CRIME!

Há momentos na vida em que abre-se uma brecha espaço-temporal na sóbria seriedade do nosso cinzento e tedioso dia-a-dia. Alguns ignoram essa janela, ou a convertem em rancor e arrependendimento de terem nascido sem poder ter o carro do ano ou o nariz que desejam. Outros, vendo que o o arco-iris tem apenas algumas cores e que a gente que se vire pra preencher o resto, optam por rir de si mesmos e do vizinho desavisado. Afinal, a expressão é “rir pra não chorar”. De tanto em tanto, o deboche até pode ser produtivo, quando associado com equipamentos de captação áudio-eletrônico-visuais. Mas uma etapa final completa o ciclo de deboche saudável quando o produto de tal registro se faz manifesto numa tela ou parede. É aí que entra a nossa contrapartida, nós do Cineclube Ieda Beck: isso mesmo, agora que você leu até aqui não tem como fingir que não sabia: viemos por meio desta convidar vossa pessoa (e sua família, amigos e inimigos) para uma sessão de curta-metragens debochados. São filmes que farão você rir e quem sabe até refletir. Garantimos. Se não, seu dinheiro de volta. Até porque a entrada é franca!

A exibição é no Teatro Armação, na Praça XV de Novembro, 344, em Florianópolis. A sessão começa a partir das 19h.

PROGRAMAÇÃO:

“I.S.P.O.C. (Imagina Se Pega No Olho da Criança)”

de Guilherme Ledoux  (clipe/experimental  – 2009 – SC – 4’16”)

Um video de Guilherme Ledoux que narra a existencia de um grande sabio contemporaneo. Poucos conhecem … trata-se de “ARLY ARLEY” (Eleito o k-ra mais gente fina da cidade) que tambem atende por : Karica, maionese, topete, andrei. Que tenta incessantemente mudar os rumos da humanidade por intermedio de voce ou de seu filho. Se entoar a senha I.S.P.O.C (imagina se pega no olho da crianca) com o coracao aberto sua vida ja mudou !!! Podemos afiramar que I.S.P.O.C. = o movimento, já rompeu tantas barreiras … arcou tanto que se invergou ali. Mesmo com a morte de Michael Jaksom, Arley nao se abala e soma energias com os daqui e os nao dali … arly … arley .. . veio pra ficar . Agora, parodeamente falando, imagina se pega nas costas de uma velhinha?

“Deep Space Worms (Os Horrendos vermes do espaço profundo)”

de Richard Valentini  (Ficção – 2008 – SC – 12’)

Dois horrendos vermes do espaço profundo vem à terra imbuídos da missão secreta de seqüestrar o líder terráqueo. Após submetê-lo a terríveis experiências que culminam na substituição de sua massa encefálica por titica de gato, descobrem que capturaram o cara errado. Com o intuito de concertar a burrada e temendo complicações siderais, os vermes decidem devolvê-lo à natureza. Porém, o plano fracassa, o terráqueo sobrevive, é resgatado por um grupo de lunáticos e elevado à categoria de ‘líder espiritual’.

“O Maior Ponto de Ônibus do Mundo”

de Grupo Expressão Sarcástica  (documentário humorístico – 2004 – SC – 5’)

Um programa especial sobre o maior Ponto de Ônibus do Mundo!

“Providência – Como Fazer Um Comercial de Cassacha”

de Equipe Pintô Sujêra  (Ficção/Documentário – 2004 – SC – 9′)

Esqueça Big Brother, há momentos em que é preciso tomar a devida providência! Uma festa de fim de ano vira uma verdadeira aula de publicidade `a facão. Descubra os ingredientes de um comercial, passo-a-passo; usando apenas uma câmera, seus amigos e uma garrafa de cachaça.

“Casa do Sarcástico”

de Grupo Expressão Sarcástica  (ficção – 2002 – SC – 15’)


O departamento de psicologia das megaproduções sarcásticas realizou uma experiência inédita nos anais do comportamento. Selecionou um grupo de cobaias com diferentes características sociais, culturais, ideológicas e sexuais e confinou-os numa casa. Objetivo: eliminar os adevrsários até sobrar um.

“SACO- Sociedade de Apoio aos Cabeludos Oprimidos”

de Gilnei Pelinson e Wiliam Baltassare  (experimental – 2009 – SC – 5’)


Vídeo desenvolvido para a SACO, por acadêmicos do sétimo período de Publicidade e Propaganda da Unochapecó Daniel Merlini, Emerson Camargo, Gilnei Pelinson, Gilmar Alves, Ricardo Pritsch, Wilian Baltassare, sob a orientação do professor Hilário Júnior dos Santos.

“O FIM DO MUNDO – Flashback Society”

de Guilherme Ledoux & Alan Langdon  (documentário – 2005 – SC – 21′)


2012 não é novidade nem futuro. Em 1999, o mundo também ia acabar. Certos da grandiosidade do evento, os elementos do coletivo Pintô Sujêra saíram nas ruas de Floripa e colheram uma inusitada fauna de depoimentos sobre o Fim. O resultado é uma profunda e frenética exploração cósmica dos 4 alicerces da sociedade: religião, morte, amizade e cigarro.

SERVIÇO:

Quando: 14/04 – Quarta-feira

Onde: Cineclube Ieda Beck, na Casa do Grupo Armação  -R. Praça XV de Novembro, 344 – Centro, Fpolis, SC

Horário: 19h

Quanto: Entrada é gratuita e aberta a quem possa interessar

Contato: (48) 3224.7239 / 9125.5306 / 9941.2714

Site: www.cinematecacatarinense.org

O Cineclube Ieda Beck é uma realização de Cinemateca Catarinense – ABD/SC. Funcine – Fundo Municipal de Cinema e Prefeitura Municipal de Florianópolis, com apoio do Grupo de Teatro Armação e da Casa da Memória.


Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s