Histórico

DSC04600

Acima a claquete que aparece em diversos filmes catarinas e abaixo foto still do filme “O preço da ilusão”

 A  Cinemateca Catarinense foi fundada em 1986 por um grupo de jovens  que queriam fazer e pensar cinema. Na sua raíz, desde a ata de Fundação, as intenções  em pesquisar, produzir, formar, difundir e preservar filmes foram as atividades que consolidaram a instituição em seus primeiros anos. Depois do movimento de Armando Carreirão, nos anos 50 que trouxe a produção do primeiro longa-metragem e teve o primeiro cineclube em Santa Catarina, foram os fundadores da Cinemateca Catarinense que retomaram a produção cinematográfica no estado, na época intitulada como Novo Cinema Catarinense.

As primeiras e principais ações do grupo foram a pesquisa sobre cinema catarinense, transformada em livro por Zeca Pires e Norberto Depizzolatti (O cinema em Santa Catarina,1987), 1ª Mostra de filmes catarinenses, com a presença de Sylvio Back, 1ª Mostra do Novo Cinema Catarinense, em Joaçaba, lançamento no sul do país do filme Nem tudo é verdade , com a presença do diretor Rogério Sganzerla, debate sobre Cinema Nacional com Cacá Diegues, Curso de roteiro, com Leopoldo Serran, Curso de Cinema de Animação, com Máximo Barro, entre outras participações em festivais e mostras que aproximaram Santa Catarina do circuito nacional.

Antiga Logomarca da Cinemateca Catarinense

Essas ações tiveram continuidade e ampliação e, ao longo dos anos, a Cinemateca Catarinense promoveu um curso de cinema no departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina que deu origem ao Curso de Graduação em Cinema, criou o Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis – FUNCINE e apoiou a fundação de diversas  instituições como Museu da Imaqem e do Som de Santa Catarina, Sintracine (Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Audiovisual) e Santacine (Sindicato da Indústria Audiovisual de Santa Catarina). A instituição também criou, junto à Fundação Catarinense de Cultura, oEdital Prêmio Catarinense de Cinema que, desde 2001, fomenta a realização audiovisual catarinense através de premiação para longas e curtas-metragens, documentários, vídeos, pesquisas de roteiro e desenvolvimento de projetos.

Diante do exposto percebe-se que a  Cinemateca Catarinense de  um grupo de idealistas passou a ser uma associação que reúne pessoas ligadas ao cinema e audiovisual, sendo  a mais antiga entidade representativa dessa classe.

logo_cinemateca_grande

Cinemateca hoje

Com 28 anos, a Cinemateca continua sendo uma associação responsável pelo fortalecimento da produção, difusão e política do  cinema e audiovisual em Santa Catarina. Promove diversas ações que estimulam e impulsionam os mais diversos aspectos do audiovisual no estado, entre elas:

  • Difusão: cineclubes (Cineclube Pitangueira, Cineclube Paredão, Cine Rogério Sganzerla, Cineclube Campos Novos, Cine Presença, Cineclube Laguna, Cine Esfera, etc.); Curta no Intervalo, em parceria com os Correios; Ciclos de exibição nacionais; Filmaralho; exposição “Marcos Faria – olhar de uma cineasta”, Parafernália – objetos e documentos de cinema; Caixa exibidora Juca e Maria, entreoutros.
  • Publicações (revista Lado C de Cinema e Audiovisual, e Labor Ilha.
  • Acervo: composto por objetos cinematográficos, filmes em DVD, VHS, Mini DV, livros e revistas sobre cinema, cartazes e fotografias organizados e catalogados para receber a visita de pesquisadores, cineclubistas e interessados em geral. Possui uma política que permite receber doações, ampliando e atualizando o acervo.

Além destas ações, faz parcerias com diferentes eventos queacontecem em SC, como: Florianópolis Audiovisual Mercosul /FAM; Festival Internacional de Cinema – Cinerama BC, em Balneário Camboriú; Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis; Festival Audiovisual Catarinense – FAÇA; Festival de Cinema Rural de Piratuba; Noite da Pipoca de Joaçaba; Catavídeo;  A Caverna – Mostra de Animação; Amostra Grátis – Mostra de Vídeos; todos realizados por associados à Cinemateca Catarinense.

Desta forma a Cinemateca Catarinense demonstra, em termos práticos, o seu compromisso incondicional com o  cinema e o audiovisual.

Parafernália (4)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s